Nenhum comentário

Orando as Escrituras – Salmo 9 (NVI – Nova Versão Internacional)

1 Senhor, quero dar-te graças de todo o coração e falar de todas as tuas maravilhas.
2 Em ti quero alegrar-me e exultar, e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
3 Quando os meus inimigos contigo se defrontam, tropeçam e são destruídos.
4 Pois defendeste o meu direito e a minha causa; em teu trono te assentaste, julgando com justiça.
5 Repreendeste as nações e destruíste os ímpios; para todo o sempre apagaste o nome deles.
6 O inimigo foi totalmente arrasado, para sempre; desarraigaste as suas cidades; já não há quem delas se lembre.
7 O Senhor reina para sempre; estabeleceu o seu trono para julgar.
8 Ele mesmo julga o mundo com justiça; governa os povos com retidão.
9 O Senhor é refúgio para os oprimidos, uma torre segura na hora da adversidade.
10 Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam.
11 Cantem louvores ao Senhor, que reina em Sião; proclamem entre as nações os seus feitos.
12 Aquele que pede contas do sangue derramado não esquece; ele não ignora o clamor dos oprimidos.
13 Misericórdia, Senhor! Vê o sofrimento que me causam os que me odeiam. Salva-me das portas da morte,
14 para que, junto às portas da cidade de Sião, eu cante louvores a ti e ali exulte em tua salvação.
15 Caíram as nações na cova que abriram; os seus pés ficaram presos no laço que esconderam.
16 O Senhor é conhecido pela justiça que executa; os ímpios caem em suas próprias armadilhas.
17 Voltem os ímpios ao pó, todas as nações que se esquecem de Deus!
18 Mas os pobres nunca serão esquecidos, nem se frustrará a esperança dos necessitados.
19 Levanta-te, Senhor! Não permitas que o mortal triunfe! Julgadas sejam as nações na tua presença.
20 Infunde-lhes terror, Senhor; saibam as nações que não passam de seres humanos.

1º Passo: Vamos orar? Uma manhã com uma nova porção da misericórdia do Senhor sobre nós. Isto é o que significa acordar com vida e saúde para este momento de Conhecer mais, Confiar mais firmemente e Conviver mais profundamente com Deus. Então, aproveite agora e, além de ser grato, suplique pela iluminação do Espírito Santo sobre a leitura do Salmo 9, expressando ao Pai sua completa dependência dEle.

2º Passo: Leia pausadamente todo o Salmo 9. A atitude de reconhecimento marca o Salmo 9, que inicia com “ações de graças” (v.1) que deseja testemunhar (“falar de todas as tuas maravilhas”). As razões estão relacionadas aos livramentos, defesa e justiça de Deus ao autor (v.3-6), revelando o soberano controle do Senhor sobre tudo (“O Senhor reina” v.7) e como tudo e todos se apresentarão diante do Senhor para ser julgados (v.8). A humildade, e confiança no Senhor é o que garante a misericórdia e o perdão agora e naquele Dia de Julgamento (v.9,10), por isso, é possível louva-lo antecipadamente (v.11). A partir do verso 12, é construída uma parte de súplica para que o Senhor julgue as nações e os povos com retidão.

3º Passo: Vamos orar novamente? Lembre que orar é conversar com Deus. Fale com Ele sobre o que você leu no Salmo e deixe o Espírito Santo conduzir esta conversa em oração. Certamente, Ele conduz seus pensamentos e palavras na direção do que foi lido.

4º Passo: Leia pausadamente todo o Salmo 9 novamente. Há palavras e expressões semelhantes a salmos anteriores, mas há coisa nova. O que lhe chamou a atenção? Reflita sobre elas. Sublinhe, anote ou marque de aquilo que se fixou em sua mente. Lembre de deixar claro em sua mente, qual é a lição principal deste Salmo 9, que você seria capaz de resumir em uma única frase. Nós cremos que toda Escritura aponta para Cristo. Onde isso fica mais claro no Salmo 9? Como as verdades deste Salmo 9 reafirma que você confiar nEle e no que Ele fez na cruz por você? Como todo Salmo expressa emoções da alma, é possível que este Salmo 9 também corrija algumas tendências carnais da sua natureza pecaminosa. Quais seriam? E de que forma, o uso diligente dos meios de graça e de algumas disciplinas espirituais pode lhe ajudar em seu crescimento espiritual?

5º Passo: Vamos orar este Salmo 9? Eu oro assim: “Senhor, em ações de graças, eu reconheço o que tu tens feito por mim, sem que nada de ti mereça. Tu és para mim um Reto Juiz diante de quem me acusa, especialmente o inimigo da minha alma, mas também és meu Advogado Fiel que não me abandona. Do teu trono soberano a tudo controlas, cada detalhe da minha vida, cada detalhe do universo e até os mais poderosos um dia se apresentarão diante de ti para serem julgados. Aqueles que a ti submetem em vida, louvam-te hoje e para sempre, porque serão guardados pela confiança que tem em teu Filho, o Advogado Fiel. Ajuda-me tão somente a andar em retidão diante de ti”

Postar um comentário