Nenhum comentário

Orando as Escrituras – Salmo 60 (NVI – Nova Versão Internacional)

Tu nos rejeitaste e nos dispersaste, ó Deus; tu derramaste a tua ira; restaura-nos agora!
Sacudiste a terra e abriste-lhe fendas; repara suas brechas, pois ameaça desmoronar-se.
Fizeste passar o teu povo por tempos difíceis; deste-nos um vinho estonteante.
Mas aos que te temem deste um sinal para que fugissem das flechas.
Salva-nos com a tua mão direita e responde-nos, para que sejam libertos aqueles a quem amas.
Do seu santuário Deus falou: “No meu triunfo dividirei Siquém e repartirei o vale de Sucote.
Gileade é minha, Manassés também; Efraim é o meu capacete, Judá é o meu cetro.
Moabe é a pia em que me lavo, em Edom atiro a minha sandália; sobre a Filístia dou meu brado de vitória! ”
Quem me levará à cidade fortificada? Quem me guiará a Edom?
Não foste tu, ó Deus, que nos rejeitaste e deixaste de sair com os nossos exércitos?
Dá-nos ajuda contra os adversários, pois inútil é o socorro do homem.
Com Deus conquistaremos a vitória, e ele pisoteará os nossos adversários.

1º Passo: Vamos orar? Apresentamos nossa vida e este dia diante do Senhor Deus Altíssimo, com a mente cheia de pensamentos de gratidão porque Ele nos concede viver. Também suplicamos para que o Espírito Santo nos ilumine a compreensão desta Leitura de hoje. Aproveitemos a oportunidade de Conhecer mais, Confiar mais firmemente nele e com Ele Convivermos mais profundamente.

2º Passo: Leia pausadamente todo o Salmo 60. Este Salmo de Lamento escrito por Davi também expressa a confiança em Deus como Aquele que age em favor do seu servo e do seu povo. Claramente, o contexto deste Salmo 60 é de guerra, referindo a II Samuel 8:3-8, quando Davi e Joabe, general do seu exército, combatem Hadadezer, rei de Zobá. O sentimento amargo da derrota trazia a ambos a convicção de que rejeição da parte de Deus (v.10), porque a convicção do povo de Deus era que a vitória sobre os inimigos tinha sempre a ver com Deus sair em guerra com eles contra os inimigos do povo da Aliança. Por outro lado, a derrota não retirou totalmente a confiança que tinham no triunfo final e por isso, antecipadamente expressavam tal esperança (v. 12). A estrutura do Salmo 60 é claramente dividida em um lamento pela derrota (v.1-3), uma profissão de fé em Deus que se expressa em oração por livramento (v.4,5), a manifestação da voz de Deus afirmando o que fará (v.6-8) e a resposta confiante no socorro divino (v.9-12).

3º Passo: Vamos orar novamente? Ao mesmo tempo que você relembra o que o Salmo 60 ensina, ore ao Senhor, direcionando sua reflexão, sentimentos e palavras para aquilo que você for sendo lembrado, pelo Espírito Santo, das palavras do Salmo 60, de lamento, mas também encorajadoras. Nesta conversa com o Pai, fale com Ele sobre o que você leu no Salmo e deixe o Espírito Santo conduzir este santo diálogo em oração.

4º Passo: Leia pausadamente todo o Salmo 60 novamente. Na vida passamos por derrotas e vitórias, mas a vitória final nesta guerra é garantida por Deus, o Vencedor e em seu Ungido. Esta certeza leva o Salmista a superar a derrota e a confiar na providência e do governo que nos garante a vitória. Neste momento da segunda leitura, o Espírito Santo vai leva-lo a algumas das palavras e expressões que mais lhe chamaram a atenção, e que são especificamente o que Deus quer que fique fixado em sua mente. Se preferir, sublinhe, anote ou marque de alguma forma aquilo que mais lhe chama a atenção. Porém, não esqueça da tarefa importante: o que o Salmista queria mesmo dizer, se você pudesse resumir em uma ou duas frases. Certamente, este Salmo facilita que o nosso olhar seja levado a Cristo, seja como aquele que literalmente deu vitória a Davi, seja como aquele que estava na mente do Salmista. Então, como as verdades deste Salmo 60, reforçam a nossa confiança na pessoa e obra de Cristo em seu favor? Ao mesmo tempo, como este Salmo 60 estimula você a responder ao Senhor com uma vida mais madura e santa espiritualmente? Do que você precisa se livrar que lhe atrapalha e o que você precisa adotar como prática espiritual para lhe conduzir ao desejado pelo Senhor para sua vida.

5º Passo: Vamos orar este Salmo 60? Como você reescreveria em oração, mesmo que resumindo bastante, este Salmo 30 em suas próprias palavras? Eu oro assim:
“Ó Senhor Altíssimo e Todo Poderoso Deus,
Eis me achegado a ti neste momento de suplicante devoção, por reconhecer a tua majestade e soberano governo sobre a minha vida.
Não há nada, ó Deus Eterno, que fuja do teu controle em cada detalhe da minha vida,
Na alegria ou na tristeza,
Na saúde ou na doença,
Na vitória ou na derrota,
Tu és Senhor! Tu és Deus sobre tudo!
Nos tempos difíceis pelos quais passei ou passarei, sei que a tua presença é certa, assim como garantido é teu extremoso cuidado sobre este filho da Aliança.
Meu socorro está em tuas mãos dadivosas, que são treinadas para a vitória.
Meu escudo é a tua presença,
Minhas flechas, a confiança que tenho em ti para desbaratar inimigos maiores que eu.
Minha espada afiada é a fé em teu poderoso e bondoso cuidado em cada detalhe da minha vida.
Por isso, ó Deus da Aliança, bom tu és para aqueles que em ti depositam toda a esperança e não se desviam para o orgulho e a vaidade.
Glorificado seja o teu nome em cada detalhe da minha vida e em nada seja envergonhado o teu nome em minha vida.”

Deus o abençoe e até quarta-feira com o Salmo 61

Postar um comentário