Nenhum comentário

Não se turbe o vosso coração…

Nos momentos finais do Senhor Jesus antes de sua morte e ressurreição, Ele convoca os seus discípulos para celebrarem a Páscoa juntos, aquela noite foi muito difícil para os discípulos. William Hendriksen, em seu comentário  do Evangelho de João, destaca que os discípulos estavam tristes por causa da terrível expectativa da partida de Cristo; estavam envergonhados pela demonstração que deram de egoísmo e orgulho; e estavam perplexos pela notícia de que um deles seria o traidor. Por fim, eles também estavam enfrentando uma crise de fé. Talvez eles estivessem se questionando sobre como alguém que estava prestes a ser traído poderia ser realmente o Messias. Então o Senhor Jesus conhecendo-lhes o coração e com profundo amor aos discípulos começa a dizer-lhes: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também” (João 14:1 – 3).

Interessante notar que o Senhor Jesus não estava dando um conselho aos discípulos, mas sim, uma promessa e essa com garantias eternas. Certamente, apesar de todos os questionamentos na mente dos discípulos, eles se sentiram confortados pelo Senhor.

Nos nossos dias, me parece que essa porção da Palavra de Deus tem sido esquecida por parte dos discípulos atuais do Senhor Jesus, o que vemos são pessoas que não conseguem viver com tranquilidade, pessoas extremante ansiosas com as coisas daqui desta terra e parecem esquecer que a mesma garantia dada aos discípulos se estende para nós, que amamos o Senhor.

Essas palavras do Senhor Jesus, assim como trouxeram conforto aos discípulos, precisam nos trazer conforto também. Precisamos confiar em tudo no Senhor Jesus, descansar Nele, sabendo que um dia nós também estaremos com Ele na casa do Pai. Os nossos sofrimentos, aqui, por mais difíceis que pareçam são limitados, eles irão cessar, nós só precisamos descansar em Jesus.

Nosso foco precisa sempre ser o Reino de Deus, se não fosse assim, não seríamos advertidos constantemente na Palavra. A nossa vida aqui nunca foi e nem será um mar de rosas, iremos passar por várias situações que nos farão esmorecer, mas se estivermos firmados nos valores do Reino o nosso coração não irá se entristecer, viveremos alegres assim, como a própria Palavra nos preceitua em Filipenses 4:4, e viveremos em paz, pois o Senhor Jesus ainda no cap. 14:27, 28 de João nos diz “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes que eu vos disse: vou e volto para junto de vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai, pois o Pai é maior do que eu”.

Essa deve ser sempre a nossa esperança.

Rev. Brivaldo Queirós

Postar um comentário